Arquivo da tag: estradas

Band-aids gigantes são espalhados pelas ruas das capitais para evidenciar #buracos nas calçadas

Isso é o que podemos chamar de verdadeira política. Protestos saudáveis que apontam os problemas que deve ser resolvido, pessoas que vão às ruas nas mais variadas formas de manifestação de direito e tentativa de que algo melhore!!

Já viu um desses por aí nas calçadas que você costuma frequentar? Os band-aids gigantes do projeto Curativos Urbanos andam roubando a cena nas principais ruas das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Quem os colocou ali? Um grupo de jovens indignado com os buracos cada vez mais frequentes nas ruas dos municípios brasileiros.

Para chamar a atenção para os “machucados” das nossas calçadas – que podem acabar machucando, de verdade, muita gente por aí –, os publicitários e designers do Curativos Urbanos decidiram abusar das cores, da criatividade e do bom humor e sair pelas ruas “tratando” os buracos do asfalto com band-aids gigantes e chamativos.

A intervenção já aconteceu em vários locais movimentados das duas capitais – como a Avenida Paulista e a São João, no centro de São Paulo, e o calçadão da Praia de Botafogo, no Rio de Janeiro – e parece estar cumprindo seu objetivo: chamar a atenção dos cidadãos para a situação das calçadas. A ideia é que a população cobre melhorias do governo – sobretudo em época de eleição.

O sucesso da iniciativa deu gás à equipe do Curativos Urbanos. Agora, além de expandir a ação para outros bairros e cidades, como Porto Alegre, eles querem criar um aplicativo que aumente a participação dos cidadãos no projeto, permitindo que qualquer um ajude a mapear os buracos das ruas do Brasil.

Confira no vídeo abaixo uma parte da ação dos Curativos Urbanos nas ruas de São Paulo e aproveite para acompanhar o projeto no Facebook.

fonte: Planeta Sustentável

Anúncios

#solução para os buracos das ruas: Campanhas bem #Humoradas na internet

Image

A falta de reparos em ruas e avenidas de inúmeras cidades permitem que o problema dos buracos se agrave. Em épocas de chuvas então é que o perigo se multiplica. Cansados de pedidos e solicitações em vão, moradores organizaram campanhas críticas e bem humoradas pelas redes sociais para chamar atenção.

Moradores de várias regiões do país fazem protesto contra buracos

A ideia é mobilizar as pessoas e chamar atenção das autoridades. A forma que milhares de brasileiros encontraram para botar a boca no trombone é a internet.

O susto veio logo depois de um temporal. O enorme buraco e o córrego que passa embaixo ameaçam quarenta casas no chamado Ladeirão do Morumbi, em São Paulo. Os moradores tiveram que sair. O caso realmente é grave e envolve risco grande. Por isso, dois dias depois o buraco já começou a ser consertado.
Pelo Brasil, há buracos abertos há muito tempo. Contra eles, existe um novo tipo de protesto e mobilização. É com uma boa dose de ironia que as reclamações contra os buracos ganham cada vez mais seguidores nas redes sociais. Tem até concurso para eleger o buraco mais bonito de Joinville, Santa Catarina.
Em Trindade, na região metropolitana de Goiânia, um morador decidiu mapear os buracos pela internet. Em duas semanas, conseguiu reunir quase 400 colaboradores.
Em Frutal, no Triângulo Mineiro, a mobilização feita pela internet ganhou as ruas. Os moradores foram convocados pelas redes sociais. Em quatro horas, foram pintados 89 buracos em uma mesma rua.
Em Barbacena, no interior de Minas Gerais, a mobilização na internet e a tinta também foram usadas para chamar a atenção de quem tem obrigação, mas parece não ouvir as reclamações.
Para mostrar o descontentamento com a solução que não chega, em Cuiabá, os moradores plantaram uma bananeira em um buraco.
Em Belém do Pará, um ciclista caiu em um buraco encoberto pela água.
Outro buraco em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, é do tipo vai e volta. Há dois anos, consertos mal feitos fazem com que ele esteja sempre ali e, muitas vezes, em companhia de vários outros.
O assistente administrativo Carlos Eduardo Correia decidiu se juntar aos descontentes da internet. “Se você ficar só vendo e não tomar uma providência, alguém tem que botar a boca no trombone e falar alguma coisa. Você está pagando seus impostos, você tem que ter os diretos como cidadão”.

Fonte: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2012/03/moradores-de-varias-regioes-do-pais-fazem-protesto-contra-buracos.html

Em Porto Alegre um grupo comparou os buracos da cidade com um enorme campo de golf, confira o vídeo abaixo:

#BIKE: integração bicicleta e metrô. #Soluções #simples

Bicicletas “passeam” de trem na Europa e na Asia

A partir de fevereiro metrôs de Taipei, capital de Taiwan, terão espaços dentro de seus vagões para ciclistas acompanhados de suas bikes. Já era permitido o acesso de bicicletas dobráveis dentro de mochilas, mas agora podem ostentar suas duas rodas montadas. Isto já acontece desde 2010 na Dinamarca, onde a Danish State Railways criou espaço nos metrôs que atendem a grande Copenhagen. No Brasil algumas medidas como bicicletas compartilhadas e áreas de estacionamento em áreas centrais da cidade começam a se tornar mais comuns.

Espaço para ciclistas no metrô de Copenhagen.

Identificação do vagão onde há espaços para bicicletas no metrô de Copenhagen. Este tipo de transporte é gratuitamente oferecido pela Danish State Railway, empresa de metrô da capital da Dinamarca. O usuário com uma bicicleta não paga a mais do que a tarifa normal, assim como carrinhos de bebê e cadeiras de rodas.

Primeiro foi no Rio. Agora, em fevereiro de 2012, São Paulo também terá seu sistema de empréstimo de bicicletas. Serão 3.000 magrelas, distribuídas em 300 estações espalhadas por diversos bairros da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, a disposição dos pontos de empréstimo deve ser feita de tal forma que garanta a integração do sistema com a rede de trens, metrô e ônibus.O termo de cooperação entre o Itaú e a prefeitura vai durar três anos, com possibilidade de renovação. A cada ano, uma média de cem estações deve ser instalada. (Fonte: http://memoria802.blogspot.com/2012/02/sao-paulo-vai-ganhar-300-estacoes-de.html)

Em Taipei bicicletas dobráveis, que podem ser guardadas em mochilas, são tratados como uma bagagem de mão do passageiro, portanto não há restrições de acesso para passageiros com esses tipos de bicicletas em estações. Bicicletas elétricas, motos movidos a gasolina, e as bicicletas de dois ciclistas não são permitidos no MRT, sigla que dá nome ao sistema de trens urbanos de Taipei. Neste sistama de metrô de Taipei o usuário com a bicicleta paga uma tarifa maior e os lugares são restritos ao primeiro e últimos vagões.

Recentemente Curitiba criou espaço para as bicletas estacionarem em áreas centrais da cidade. São Paulo tem cilco rotas mas me muitas grandes aveindas, como a Av. Paulista, elas são proibidas.

Ciclistas acompanhados de suas magrelas dividem espaço com os usuários de metrô a pé. O metro de Copenhagen disponibiliza racks especiais, integrados aos assentos, eles dão segurança evitando que a bicicleta caia durante o trajeto.

A triste realidade do trânsito: A cada dia são registradas mais mortes nas estradas gaúchas

Image

A incidência de acidentes de trânsito nas estradas gaúchas é assustadora. Na região Noroeste os casos surpreendem ainda mais, iniciei este post para citar o acidente que vitimou 3 jovens na madrugada de domingo, na BR 285, próximo a Vitória das Missões, bastou acessar sites de jornais da região para me defrontar com manchetes de mortes e feridos em novos acidentes. Ontem dia 07, na BR 392, entre os municípios de São Sepé e Caçapava, mais um veículo de passeio chocou contra um ônibus, não houve vítimas fatais. Hoje, na RS 168, sentido Roque Gonzales/São Luiz Gonzaga, um veículo de passeio colidiu com um caminhão, logo depois, duas pessoas que estavam em uma moto morreram em acidente de trânsito na BR 158, no município de Júlio de Castilhos, e antes mesmo de concluir a matéria, ainda na mesma região do Estado, um caminhão carregado de frutas e legumes chocou-se em um barranco no Km 50 da rodovia que liga Santa Rosa a Giruá na RS-344. Poderíamos dizer que a imprudência é a causa de tantas ocorrências, mas quem conhece a região e o péssimo estado das estradas sabe que as vítimas nem sempre são as culpadas. O estado das rodovias é péssimo, com grande quantidade de buracos e, pistas irregulares, colocando os motoristas em situação de risco. Os acostamento, quando existem, em muitos trechos, não pode se que ser utilizados. A CNT (Confederação Nacional dos Transportes) avaliou, até o final do ano passado, 92,7 mil quilômetros de estradas no País. Os técnicos especializados revelaram que mais da metade, 57,4%, ou 53,2 mil quilômetros, apresentam problemas e são inadequados para o tráfego economicamente viável e seguro de veículos de qualquer porte. Nove itens do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelecem, como punição, a suspensão da carteira para o motorista infrator, e qual é a punição para um governo incapaz de sanar os problemas da população que precisa da estrada e paga IPVA?

 

Hoje, Quarta feira 08 de fevereiro, mais vítimas do Trânsito, morrem em estradas gaúchas.

Condutor e passageiro de moto morrem em acidente na BR-158
Duas pessoas que estavam em uma moto morreram em acidente de trânsito no km 264 da BR-158, no município de Júlio de Castilhos (RS), na manhã desta quarta-feira (8). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve uma colisão com uma caminhonete.
As vítimas que estavam na moto tinham 23 e 80 anos, segundo a PRF. O motorista da caminhonete sofreu ferimentos e foi removido para um hospital próximo.

Caminhão carregado com frutas atinge barranco no interior de Giruá
Por volta das 10h50min desta quarta-feira, um caminhão carregado de frutas e legumes chocou-se em um barranco no Km 50 da rodovia que liga Santa Rosa a Giruá (ERS-344).
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o veículo, com placas de Ijuí transitava no sentido Giruá-Santa Rosa e o condutor teria perdido o controle do veículo e atingiu o barranco.
Em torno de uma hora e vinte minutos após o acidente, equipes do Samu e dos Bombeiros conseguiram retirar o condutor das ferragens. O motorista, Leandro Pinheiro da Silva, 35 anos, está em observação no Hospital Vida e Saúde de Santa Rosa. Já o passageiro, Carlos Rodrigo Klagenderg, 22 anos, foi internado com ferimentos.

Acidente deixa dois feridos na RS-168
Na manhã de quarta-feira, 8 de fevereiro, aconteceu um acidente de trânsito na RS-168, próximo ao Piraju. O Gol de placas IGR 6808, de Cerro Largo, trafegava na rodovia no sentido Roque Gonzales/São Luiz Gonzaga e colidiu numa carreta bi-trem com placas IBF 6841, de Roque Gonzáles, carregada com lenha, sob direção de Homero Bernardi, que vinha no sentido contrário.
De acordo com a Brigada Militar, o motorista do Gol, Sigismundo Ciepielewski, de 71 anos, estava acompanhado de quatro ocupantes e dois precisaram de atendimento médico. Sigismundo e o sobrinho Gabriel tiveram ferimentos leves e foram encaminhados ao Hospital de São Luiz Gonzaga.

Fonte: http://anoticia.com/sitenovo/acidente-deixa-dois-feridos-na-rs-168/