Arquivo da categoria: tecnologia

Procon atende pedido da OAB e suspende venda de linhas de celulares no RS

Procon atende pedido da OAB e suspende venda de linhas de celulares no RS.

Procon de Porto Alegre vai proibir venda de celulares

 

O Procon de Porto Alegre vai proibir a venda de novas linhas de telefonia móvel pré e pós pagas e determinar que todas as operadoras descontem das próximas faturas valor correspondente ao tempo no qual o serviço não foi prestado por queda na conexão da linha telefônica e da internet. A decisão atende representação encaminhada ontem ao órgão pela Seccional Rio Grande do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS), que relacionou 500 reclamações de consumidores para pedir a medida. As queixas referem-se sobretudo a zonas sem sinal, interrupção dos serviços e cobranças indevidas.

 

A diretora executiva do Procon da capital gaúcha, Flávia do Canto Pereira, definirá nos próximos dias os detalhes da medida cautelar que será enviada às empresas na segunda-feira. “Vamos estabelecer um prazo para a suspensão (das vendas) e multa por eventual desobediência.”

Representando as empresas do setor, o SindiTelebrasil afirmou, em comunicado, que “Porto Alegre é uma das capitais com uma das legislações mais restritivas para a instalação de infraestrutura, incluindo as antenas de telefonia móvel”.

O Brasil tem #tarifas mais altas do #mundo na #telefonia móvel

O Brasil possue aproximadamente 250 milhões de aparelhos celulares são 116,5 celulares a cada 100 habitantes, isso representa um aumento de 29% nos ultimos 10 anos.
No país 82% dos celulares são pré-pagos e em sua grande maioria apenas recebem chamadas. Em média, o valor da chamada de celular para mesma operador custa cinquenta centavos por minuto, se a mesma ligação for feita para outras operadores o valor do minuto sobe para um real e cinquenta centavos, em média, o que é um absurdo!
Uma recarga de 12 reais em um celular pré pago equivale a 8 minutos de conversação aproximadamente.
O brasileiro que compra seu aparelho celular não pode utiliza-lo por que o valor da tarifa é muito alto!
Segundo o IBGE os gastos com serviços de telecomunicações representam 2,6% do gasto total da família brasileira, enquanto os gastos com educação atingem 3%. (http://www.teleco.com.br/comentario/com373.asp)

Tarifas de celular no Brasil estão entre as mais caras do mundo

Hoje o Brasil tem a segunda tarifa mais cara do mundo em celular e a terceira de telefone fixo. Pesquisa da consultoria europeia Bernstein Research sobre as telecomunicações aponta o Brasil como um dos três países com as mais altas tarifas de telefonia celular do mundo, junto com a África do Sul e a Nigéria. O estudo levou em conta o Produto Interno Bruto (PIB) e os preços médios das tarifas em 17 países.

No Brasil os usuários dos serviços de telefonia móvel pagam em média US$ 0,24 o minuto, valor similar aos US$ 0,23 da Nigéria e os US$ 0,26 da África do Sul. Entre os países com tarifas mais baixas e com PIBs próximos ao do Brasil estão a Índia, onde a tarifa é de US$ 0,01, a Indonésia e a China onde o minuto custa em média US$ 0,03. Rússia, Egito e México têm tarifas de US$ 0,05 e se aproximam do valor praticado nos Estados Unidos. Entre os países europeus, a Espanha tem o minuto mais elevado do bloco com US$ 0,21. O Reino Unido pratica a tarifa mais baixa: US$ 0,14.
fonte: http://www.hojetelecom.com.br/blogue/index.php/2011/12/tarifas-de-celular-no-brasil-estao-entre-as-mais-caras-do-mundo/

Para a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações)  o Brasil teve 23,3 milhões de novos acessos à telefonia móvel em 2009, um crescimento de 15,4% no setor de telefonia móvel no país. O resultado só é pior que o apresentado em 2008, quando os brasileiros adquiriram 29,6 milhões de novos celulares.

Agora, o país tem 173,9 milhões de acessos, uma densidade de 0,9 celular por pessoa. Só em dezembro, houve um incremento de 4,2 milhões. Segundo a Anatel, foi o melhor mês do ano para o setor.

São cinco os Estados que possuem mais celulares que habitantes: Distrito Federal, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e, Rio Grande do Sul.

A região Norte é a que mais avança na relação de celulares por habitante. O crescimento de teledensidade na região em 2009 foi de 21,27%. Enquanto isso, a região Sudeste registrou crescimento de 16,39%.
fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u690866.shtml

#TECNOLOGIA: COM INTERCÂMBIO MUNICÍPIO PRETENDE SOCIALIZAR CONHECIMENTOS TECNOLÓGICOS #BONS EXEMPLOS MUNICIPAIS

Image

Salvador do Sul, localizado na Serra Gaúcha, foi buscar o conhecimento na prática do que pode representar o maior avanço da história do município. Socializar com um país Europeu suas experiências tecnológicas será uma grande vantagem para sua atividade primária. O referencial econômico do município, de aproximadamente 7 mil habitantes, é a avicultura, sendo, atualmente, o maior produtor de ovos e perus do estado do Rio Grande do Sul. Foto: arquivo do município http://www.salvadordosul.rs.gov.br

Salvador do Sul – Prefeita encaminha intercâmbio com cidade alemã

Salvadorenses fortalecerão laços com Dickenschied, terra do primeiro colonizador

Mesmo em férias, a prefeita de Salvador do Sul, Carla Maria Specht (PPS), tem tratado de assuntos de interesse do município durante viagem que realiza à Alemanha. Uma conquista significativa e de importância histórica para os salvadorenses já está, praticamente, assegurada: foi acertado um intercâmbio de Salvador do Sul com a cidade alemã de Dickenschied, terra natal de Peter Heck, simplesmente, o primeiro colonizador das terras que hoje pertencem ao território salvadorense.

A pareceria foi acertada em encontro com o prefeito Karl-Wilhelm Bender, durante uma festejada recepção à prefeita salvadorense por autoridades locais. Cercados de historiadores, Carla e Bender conversaram bastante sobre a origem alemã de Salvador do Sul.

Relatos antigos indicam que Peter Heck deixou a Alemanha ainda criança e que, depois de viver em São José do Hortêncio e ter casado com Helena Goelner, mudou-se para Júlio de Castilhos, em 1855. De lá, ele ajudou a comercializar a área da colônia.

Uma grata surpresa para Carla Specht acabou sendo o encontro com um outro Peter Heck, descendente direto do imigrante, morador da área central da cidade. E foi este Heck, com seus pais, que abriu parte da história do imigrante, deixando evidente que ele fez do Brasil seu lar, sendo, inclusive, sepultado em São José do Hortêncio.

A cidade de Dickenschied, que fica na famosa região do Hunsrück, não é grande, tendo menos de 800 moradores. A manutenção de sua história, iniciada no século XII, é destaque, tanto que muitas casas se mantêm de pé em meio às estreitas ruas. O que era um curral, hoje é corpo de bombeiros. O que já foi estábulo, hoje foi reformulado e é centro cultural. Tudo tem serventia apesar dos anos.

Todavia tem uma tecnologia bastante avançada no que diz respeito a tratamento de dejetos, à área ambiental e produtos relacionados à informação.

O Intercâmbio O prefeito alemão, surpreso com a história da colonização no Brasil e a manutenção desta cultura, ficou convencido de que vale a pena manter intercâmbio com Salvador do Sul. O desejo de consolidar o projeto é tanto que levará a iniciativa à câmara de vereadores local na certeza de aprovação, já que boa parte dos vereadores esteve no encontro com Carla Specht. Os interesses brasileiros também estiveram representados pelos alemães Joseph Lauer e Freimut Stephan, que conhecem as terras gaúchas.

A grande vantagem do intercâmbio está no resgate cultural e na divulgação das tecnologias alemãs. “O Brasil tem vários pontos à nossa frente, nós estamos melhor em outros, e isso é bom para ambos porque se pode dividir conhecimentos”, destacou Freimut, falando das escolas de tempo integral como um grande diferencial no nosso país.

Para que o intercâmbio seja confirmado, é necessário que as duas câmaras de vereadores e os dois prefeitos digam sim, e, como isso não representa custos para as prefeituras, o intercâmbio deverá ser mantido. “É possível ter um pedaço de Salvador do Sul na Alemanha e vice-versa”, afirmou a prefeita Carla.

O Karl-Wilhelm Bender e Heck foram convidados a visitar Salvador do Sul, quem sabe em outubro, para firmar o intercâmbio.

fonte: http://www.fatonovo.com.br/ler.php?id=3654