Arquivo do mês: fevereiro 2013

Deputados pedem aumento de 100% para os 100 procedimentos de média complexidade mais executados em hospitais Filantrópicos e Santas Casas

Em 20 de março o RS será sede do 3º encontro de Frentes Parlamentares de Hospitais Filantrópicos e Santas Casas da região Sul

RS, SC e PR irão debater financiamentos da saúde e soluções para o endividamento de hospitais.

saude[1]No RS as Santas Casas e entidades sem fins lucrativos estão presentes em 245 unidades hospitalares, elas representam mais de 15,5 mil leitos do Sistema ùnico de Saúde (SUS) e empregam mais de 58 mil profissionais.

Em busca de melhores condições para os hospitais filantrópicos o deputado Jurandir Maciel esteve representando a Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas na Área da Saúde do RS em uma reunião em São Paulo, nesta segunda feira 25.

Na ocasião foi elaborado um pedido a ser encaminhado ao Ministro da Saúde solicitando que sejam aumentados em 100% os 100 procedimentos de média complexidade mais executados em hospitais Filantrópicos e Santas Casas.

No dia seguinte, terça feira 26, o deputado seguiu à Brasília com uma comitiva representado todas as Frentes Parlamentares dos Estado para entregar este documento, em mãos ao Ministro da Saúde Alexandre Padilha, ao presidente do Senado Renan Calheiros e ao presidente da Câmara dos Deputados Luis Eduardo Alves.

A Frente parlamentar de apoio às Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas na Area da Saúde quer garantir o funcionamento de entidades no RS e encontrar soluções para o endividamento adquirido por elas ao longo dos anos “neste momento é preciso promover um refinanciamento para estas casas” afirmou o parlamentar.

Na parte da tarde, Jurandir Maciel participou de encontro das Frentes Parlamentares dos Estado e  das Federações das Santas Casas de Misericórdis de todo Brasil promovido pela Frente Parlamentar Federal de Apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas na área de saúde.

fonte: Assembléia Legislativa

Anúncios

#Saúde: Interior do Estado precisa de mais investimentos

ambulancioterapia“Ambulancioterapia” é o termo que serve para descrever o método adotado pelas prefeituras do interior do Estado que mandam pacientes para tratamentos especializados em Porto Alegre (POA)

A falta de investimentos na saúde nos municípios do interior faz com que as prefeituras busquem, cada vez mais, atendimento na capital. Desta forma as filas dos hospitais em Porto Alegre aumentam a cada dia.

Para 2013, o Governo do estado anunciou que 12% do orçamento será destinado para a saúde. O que está faltando é maior investimento na implantação de melhores sistemas de saúde no interior do estado em macrorregiões. Isso evitará o deslocamento de pacientes por dezenas e centenas de quilômetros até Porto Alegre. Este movimento envolve uma série de outros problemas como os frequentes acidentes nas estradas envolvendo ambulâncias, morte de pacientes durante o tempo de transporte, investimentos nestas conduções e tantos outros casos como é o caso das superlotações dos hospitais da capital e baixa qualidade nos atendimentos.

Jurandir Maciel

Ato de instalação de Comissões para legislatura 2013 na Assembléia Legislativa/RS

O deputado gaúcho, Jurandir Maciel (PTB/RS), conhecido como o deputado da Saúde na Assembléia Legislativa vem lutando para a implantação de um novo Plano Estadual de Saúde que irá contemplar os municípios descentralizando os atendimentos da capital. Na tarde de ontem (14/02) foram definidos os nomes titulares das comissões que irão atuar em cada área na legislação de 2013. Jurandir Maciel foi titulado como membro da Comissão de Saúde, que segundo o parlamentar “será o viés para a concretização de seus planos para melhoria do atendimento da saúde”.