#BIKES RECICLÁVEIS: GARRAFAS PET AGORA PODEM VIRAR BICICLETAS

ImageGarrafas PET viram bicicletas

As garrafas PET são feitas de material reciclado e podem ser transformado em diversos utilitários depois de descartadas. A novidade agora são “bikes”!

Criado no Brasil, o projeto do artista plástico Juan Muzzi é resultado de anos de pesquisa e testes. O autor da idéia, já patenteada como a primeira bicicleta reciclável do mundo, conta que “a bicicleta é mais resistente, flexível e barata porque o plástico não enferruja e a fabricação transforma resíduos em um novo produto”.

São necessárias duas mil garrafas plásticas para a confecção de uma bicicleta, e a montagem leva nada menos que 2 minutos, veja o vídeo.

Juan está trabalhando agora em uma cadeira de rodas reciclável. Vamos aguardar pra conhecer outra criação genial do artista.

Fonte: Planejamento Urbano Emergencial: http://www.facebook.com/pages/Planejamento-Urbano-Emergencial/166137580099093

Saiba mais: http://www.muzzicycles.com.br/

VEJA O VÍDEO COM A MONTAGEM DA BICICLETA:

Anúncios

8 Respostas para “#BIKES RECICLÁVEIS: GARRAFAS PET AGORA PODEM VIRAR BICICLETAS

  1. Pingback: Bikes recicláveis: garrafas PET agora podem virar bicicletas « Blog Porto Imagem

  2. Fantástico.
    O mais caro na bicicleta são as partes mecânicas (que ainda continuam de metal), como o quadro que é de plastico, que vai se degradar mecanicamente mais rápido do que as peças metálicas, no lugar de se ter uma bicicleta por 15 ou mais anos, a cada dois anos vai se trocar a bicicleta por um modelo novo.
    Conseguiram inventar a obsolescência planejada para as bicicletas, equipamentos que resistiam décadas a fio.
    Estou gostando desta tal de conservação dos recursos naturais.

  3. Já tenho duas! Sāo um pouco pesadas mas muito boas de andar!

  4. Cezar

    Só por curiosidade, a quanto tempo?

    • Tenho uma há oito meses e a outra a seis meses.
      Com relação ao desgaste eles já detectaram alguns problemas tanto é que só vem com marchas no cubo.
      O Sr. Muzzy é um cara bem acessível. Tinha algumas dúvidas, mandei um e-mail e ele me telefonou.
      Acho que essa tua preocupação com a obsolescência pode ser discutida com ele.

  5. Acredito que ela deva mais que as bicicletas de metal, não enferruja, não precisa de pintura… não vejo a OBSOLECÊNCIA PROGRAMADA que foi mencionada aqui, pelo contrário, ele deve durar pelo menos uns 500 anos, se usada ou não.

  6. Luciana

    Não confunda bio-degradação com perdas na capacidade mecânica de produtos plásticos. Muito antes dos quinhentos anos, se tu sentares sobre uma bicicleta feita de plásticos, ela se desmancharia. Atenção, não estou falando dos plásticos reciclados, não tenho informação sobre eles, mas sim de PEAD, PP, PVC e outros. Em cinquenta anos, dependendo da temperatura ambiente, eles NATURALMENTE perdem entre 40% a 50% de suas características mecânicas, logo esta história que a tua bicicleta vai resistir 500 anos, pode não ser verdade (insisto, conforme a MISTURA de plástico com outros materiais esta durabilidade pode ser aumentada ou não).
    Estou falando em perda natural da resistência mecânica sem o mínimo esforço, ou seja, canos e outros materiais plásticos, deixados sem nada sobre eles em 50 ou 60 anos a carda que eles resistem é menos que a metade.

  7. Quando trabalhei numa revendedora de peças, as peças mais comuns são feitas de aluminio.
    Gente, DE LATINHAS A GELADEIRAS são feitas de aluminio.
    È ridiculo com tanto aluminio ja processado que hoje existe na forma de produtos em geral, a maioria dos bens hoje fabricada com o mesmo TIRA SEU MATERIAL DA EXTRAÇÃO.
    Meu é muita burrice… Bikes tem peças de plastico, metal e borracha. Todos esses materiais são reciclaveis, não precisam ser extraidos.
    Cerebro foi feito pra usar… Quem sabe o quadro de aluminio reciclado não seja uma boa ideia tambem? Com as partes pequenas de pet, as bikes infantis, etc e pneus reciclados? Capacetes de pet?? A criatividade manda. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s