Ciclo da Seca: a chuva dá os primeiros sinais no Estado.

Os problemas no Brasil, como sempre, são resolvidos à curto prazo, é "a cultura da não solução". Em tempos de seca, muito se fala em projetos preventivos, daí vem a chuva e muda-se de assunto. Barragens, açudes, liberação de licenças ambientais, pesquisas e novos testes, e o plano deve ser anunciado em:... Fevereiro! Pronto choveu! Ano que vem voltamos para essa discussão! Ano após ano é feito repasse para o agronegócio que já vem se preparando para a crise. A agricultura está se capitalizando e o acréscimo recebido para amenizar os prejuízos da seca acabam servindo como financiamento, sem que os programas de prevenção saiam do papel. Existe otimismo no mercado de vendas de maquinários agrícolas nas feiras no Estado no início deste ano, portanto os agricultores estão capitalizados. Ontem na reunião do Conselhão, no centro administrativo do governo do Estado, autoridades municipais solicitaram apoio para pagar os prejuízos da seca, os 51,9 mil repassados pelo governo do Estado ainda é pouco para alguns. Os prefeitos mais uma vez reivindicam a autonomia municipal, por que somente eles conhecem as peculiaridades de cada comunidade. O promotor de justiça Alexandre Saltz, afirmou que o Estado não tem condições de resolver situações emergenciais por não possuir estratégias preventivas. O governo do RS tem o objetivo de desenvolver políticas permanentes de médio e longo prazo com programas de combate a seca. No momento, as medidas escolhidas pelo Estado são emergenciais. Segundo o secretário de obras públicas, irrigação e desenvolvimento urbano, Luiz Carlos Buzatto “as propostas do Plano Estadual de Irrigação, será lançado no mês de março”... (acredite se quiser). Enquanto isso, 339 municípios do RS decretaram situação de emergência e aguardam apoio do estado.

O tempo continua quente, mas à tarde pode ocorrer pancadas de chuva em Santa Maria
Os períodos de sol favorecerão o aquecimento com máxima que irão oscilar em torno dos 30°C
A frente fria que atua sobre o Estado mantém a instabilidade na maioria das regiões com previsão de pancadas de chuva alternando com períodos de sol. Ainda não se descarta a ocorrência de temporais em áreas isoladas.
Os períodos de sol favorecerão o aquecimento com máxima que irão oscilar em torno dos 30°C. O refresco ao calor intenso que tem predominado nos últimos dias irá ocorrer nos próximos dias. Na região de Santa Maria, o tempo continua quente, mas à tarde também ocorrem pancadas de chuva. A máxima prevista para a tarde é de 31º e a noite deverá fazer 22º.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/dsm/19,18,3658371,O-tempo-continua-quente-mas-a-tarde-pode-ocorrer-pancadas-de-chuva-em-Santa-Maria.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s